Quinta, Dezembro 14, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 257
Segunda, 26 Janeiro 2015 11:43

Uirapuru da Moóca trará todos os jogos

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

A agremiação mooquense trará para avenida neste carnaval o enredo A Moóca Abre o Jogo e a Uirapuru Monta a Banca na Avenida, assinado pelo diretor de carnaval, o reconhecido carnavalesco José Carlos Lisboa. A Uirapuru será a oitava escola a desfilar na acirrada disputa do Grupo 1 da UESP, onde trés escolas serão rebaixadas e apenas uma ascenderá ao Grupo de Acesso da Liga das Escolas de Samba.

 

O GRC Escola de Samba Uirapuru da Moóca presidido por Sidnei Almeida trará para a avenida um enredo que remeterá os foliões e público em geral a toda e qualquer forma de jogo deste a inocente amarelinha, que permeou muitas infâncias, passando pelo xadrez e dama, chegando aos jogos de "boteco" como o dominó até o polêmico jogo do bicho.

   O tema atraiu muitos integrantes para a escola, já que muitas das fantasias já estão esgotadas como informa a professora de Artes, Açucena que atua na agremiação como voluntária ao lado da mãe Dona Kita e da filha Ana Mel Asseiros, que pelo segundo ano consecutivo integrará a corte da Bateria no posto de primeira Princesa.

    Segundo José Carlos Lisboa a escola virá para a avenida com 1200 componentes divididos em 14 alas e três carros alegóricos. Ele destaca o trabalho do mestre de Bateria Márcio e o primeiro casal de mestre sala e porta bandeira Eduardo e Letícia, dois quesitos com grandes expectativas de nota 10.

     Outra grande aposta da escola será no quesito fantasia. Para este intento trouxe para os seus quadros o renomado figurinista carioca Luiz Marques, que tem 34 anos de carnaval e passou por agremiações tradicionais como Portela, Mangueira, Império Serrano, Vila Isabel, além das paulistanas Mancha Verde e Mocidade Alegre, onde foi campeão em 2012 assinando os figurinos e alegorias.

    Neste carnaval Luiz Marques estreia na Mooca "traçando todo o seu talento" ao lado da mãe, que será um dos destaques neste carnaval. Ele garante que as alas serão muito bem vestidas, que as fantasias irão para avenida atingindo 95% dos pilotos. "Estes cinco por cento são somente por substituição de materiais, que não representam nenhum décrecimo", explicou.

     Com toda sua experiencia do carnaval carioca o figurinista destaca que as fantasias foram confeccionadas com materiais sobrepostos, o que segundo ele valoriza o figurino com custo mais baixo, alcançando um resultado final mais nobre e bem acabado.

Uma princesa da Moóca a frente da Bateria

Filha de uma família de mooquense e de "juventinos de carteirinha", Ana Mel Asseiros de 18 anos  ( foto na capa do jornal) pelo segundo ano consecutivo desfila como Princesa da Bateria da Uirapuru. Ela é formada em Balé Clássico, Jazz e Flamenco pela Escola de Dança Pássaro de Fogo.

    A família de Ana Mel é historicamente ligada aos memoráveis carnavais de salão do Clube Atlético Juventus. "Tenho muito orgulho de ser de uma família de juventinos", comenta.

Ela faz questão de contar como sua história na Uirapuru começou. "Em 2011 voltando da aula de balé eu e minha mãe passamos pela Uirapuru, entramos para conhecer e nos oferecemos como voluntárias para ajudar na confecção de fantasias e eu nem imaginava que daquele dia em diante seria o início da minha história no carnaval", lembra. Ana Mel cita que o seu primeiro desfile foi com o enredo Boteco da Alegria, no ano seguinte foi escolhida para ser destaque de chão a frente na ala que homenageava o seu clube de coração: o Moleque Travesso. "Eles queriam que ela desfilasse no carro alegórico, mas ela quis sair no chão ao lado dos outros passistas" conta a mãe, Açucena, não escondendo todo o seu orgulho.

   "Em 2014 comecei a realizar o meu sonho quando fui escolhida pela comunidade para compor a Corte da família Uirapuru como Princesa da Bateria e é com grande orgulho que visto esta faixa", finaliza.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ler 1349 vezes
Luiz Mário Romero

Diretor Responsável: Luiz Mário Romero - MTB 34.256

1 Comentário

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.