Domingo, Outubro 21, 2018
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 267
Segunda, 01 Outubro 2018 06:34

Clareamento Dental: o que você precisa saber

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Nos últimos anos houve um aumento considerável pela procura de clareamento dental. Fato é que um sorriso harmonioso se tornou meta de muita gente. Vale salientar que somente um profissional saberá orientar com segurança a concentração ideal do produto, a frequência, a maneira correta de aplicar o gel e o grau de branqueamento possível.


Existem dois tipos de clareamento: o realizado em consultório e o caseiro.
No consultório, o cirurgião dentista utiliza produtos como peróxido de hidrogênio, que é três vezes mais potente que o peróxido utilizado no clareamento caseiro. O resultado aparece já na primeira seção na maioria dos casos.
No clareamento caseiro, é confeccionada uma moldeira para o paciente, o profissional fornece o gel com a concentração ideal para o caso e monitora semanalmente sua evolução.
Como todo procedimento, o clareamento também possui contraindicações. Pessoas com dentes muito restaurados não obterá a ação efetiva do clareador, assim como pessoas com próteses e implantes. É restrito à pacientes com menos de 18 anos e gestantes.
A sensibilidade dentária também representa um risco, que ocorre devido à agressividade do produto utilizado durante o clareamento. No clareamento caseiro, que possui um gel mais fraco, os casos de sensibilidade são menos frequentes.
Vale ressaltar que o uso de clareadores sem a supervisão de um profissional competente sujeita o indivíduo aos riscos da automedicação.

AR Odontologia: Andrea Constantino
Crosp 123271
Cirurgiã dentista

Ler 144 vezes