Sábado, Outubro 21, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 255
Terça, 02 Maio 2017 15:18

Polemizando - edição 250

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O tio do secretário
É, o auto intitulado tio do secretário municipal aprontou mais uma. Desta vez o velhinho - que não pára de dizer por ai ser tio de influente secretário municipal - se superou. Ele estampou na primeira página de um jornal regional a imagem de um prefeito regional ao lado de um empresário que tem um baita prédio com a obra embargada. Para piorar a situação o ingênuo prefeito regional está sendo denunciado no Ministério Público.

 

Cara de pau
Como alguém investigado no Ministério Público e investigado por suposto estelionato, ainda tem a cara de pau de solicitar junto a Prefeitura Regional a cessão de sete praças para a mesma entidade que está sendo acusada de ludibriar pequenos comerciantes? É muita cara de pau!

Profissão: papa convênio
Tem uns caras que passam anos, passam décadas e ninguém sabe a profissão dos mesmos. A única lembrança que se tem é que há uns 30 anos atrás foram combativos militantes de Esquerda. Até ganhar o prazer pelas verbas de convênios, de creches conveniadas por exemplo. Os caras andam de carro do ano, têm motorista particular, freqüentam puteiros requintados e ninguém sabe qual a profissão dos mesmos. Mas eu sei do que vivem. Vivem de verba pública, vivem de nota superfaturada, vivem de dar carne de terceira para crianças. Dia desses vi um desses que conheci em um tempo bom, tempo de idealismo político. Mas ele se perdeu, provavelmente se prostituiu com a sedução do dinheiro fácil. O dito cujo não tem mais nada a ver com aquele cara combativo que ocupava terra, que lutava, que cobrava providências do saudoso governador Mário Covas. Testemunhei várias vezes. Hoje anda com camisa de seda, com dentes de porcelana e pele nitidamente tratada. Com dinheiro público é fácil.

Distribuição de Amarelinho
No ano passado, um grupelho que tentou dar as cartas políticas em Itaquera se deu mal. Dois deles foram dispensados pelo vereador, que foi reeleito, mas que não gostou nada nada da pífia votação que teve. Um deles virou rato de gabinete na Câmara Municipal, andou visitando até vereador que perseguiu quando era subprefeito. O outro vive na Prefeitura Regional parabenizando um, parabenizando outro, mas o que quer mesmo é um empreguinho. Já o terceiro, ahh...o que dizer do terceiro? Está encostado até que tudo seja apurado no MP, além de uma caralhada de execuções por parte da Postos Ipiranga. Como sou um cara do bem, que não guarda rancor, estarei encaminhando aos três na próxima semana exemplares do Jornal Amarelinho gratuitamente.

Defuntos ressuscitados
Olha fico emocionado com os milagres que uma nova gestão municipal pode fazer acontecer. Até ressuscitar malas. Dia desses em uma rede social vi duas tiazinhas, que para mim tinham aposentado do ofício de serem malas sem alça, vi as duas em uma Prefeitura Regional. Duas tiazinhas que há décadas enchem o saco de quem está no Poder. As duas continuam ai firmes e fortes a espera de uma nova boquinha.

Revendo um antigo líder
Dia desses revi um antigo líder comunitário, revi o bem afeiçoado Wilson Fiúza.

 

Ler 974 vezes
Luiz Mário Romero

Diretor Responsável: Luiz Mário Romero - MTB 34.256

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.