Segunda, Outubro 23, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 255
Segunda, 05 Setembro 2016 13:47

Polemizando - edição 242

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Propaganda Eleitoral Gratuita
Nestas eleições vote em um candidato que não anda do lado do Poder, mas no saco dos poderosos. Nesta eleição vote em quem já foi conselheiro participativo e não fez porra nenhuma, vote em quem montou um comércio e faliu, vote no trouxa que contou com a “sociedade itaquerense” para lotar o seu estabelecimento e se fornicou. Nestas eleições, desperdiçar por desperdiçar o voto é bobeira, vote em uma mala do bairro. Bobão do Corredor. Com Bobão do Corredor você não precisa votar em malas de fora, vote em uma mala do seu bairro. Bobão do Corredor, aquele que puxa o saco por você. Tenha um representante no Poder, que estará lá sempre pronto para puxar o saco. Bobão do Corredor, este é o cara!

 

 Guloseimas
Caros amigos de copo e de cruz, leitores e até mesmo adversários ideológicos que sei que lêem este jornal. Alô cabeça tombada se diz meu inimigo, mas leva esta coluna para ler em casa. Mas voltemos ao tema, há quanto tempo não ouvimos a expressão “guloseima”, olha eu faz uns 40 anos que não ouço, eu somente ouvia nos desenhos do Zé Colméia. Mas, pois é, uma assessora de comunicação de uma subprefeitura resolveu ressuscitar este termo em um release sobre a visita do Prefeito em uma feira gastronômica.

 Guloseimas II
O pior que assessora de comunicação que não responde aos questionamentos de jornal do bairro sobre obras irregulares resolveu dar uma puxada de saco em seu chefe, mas se deu mal. Por esta nem o Nelson Rubens, nem a Sonia Abrão e nem o Leão Lobo seriam capazes. No mais absoluto tom de fofoca televisa a dita cuja resolveu publicar em um jornal do bairro e ainda assinou, informando que o seu subprefeito estava de regime. Veja agora trechos da pérola. A matéria era sobre uma feira gastronômica visitada por Haddad e ela não se intimidou em publicar e ainda assinar o seguinte: “...sem distinção todos puderam se servir das iguarias gratuitamente, somente o subprefeito não aderiu aos comensais (isso mesmo comensais), pois, enfrenta com galhardia um regime gastronômico que há meses lhe atormenta os sentidos e o prazer de saborear guloseimas”. Isso mesmo ela informou que o subprefeito está com os sentidos atormentados por causa do tal regime. Agora pergunto: “Com base no que a própria assessora informou, será que é por causa do regime que este subprefeito está perseguindo ambulantes da Cohab 2 que não aceitam apoiar o seu vereador?”

 Pergunta ao Haddad
Estabelecimento comercial de ensino ou não, com obra irregular embargada pela PMSP pode mesmo ceder espaço para comitê eleitoral de vereador? Se pode qual será a moeda de troca? Uma cerveja para quem acertar.

Subprefeito dos 50 mil votos
Na edição da 2ª quinzena de julho, passei a diante uma informação vinda de uma de minhas fontes de água mineral, que dava conta sobre um subprefeito, que não fiquei sabendo qual era, que havia afirmado em reunião com assessores próximos que tinha 50 mil votos para distribuir. Que desse montante 15 mil era para o vereador que o colocou no cargo, 10 mil para o cabeção que já foi deputado e mais 10 mil para um cara que considero do bem, mas que entrou nessa de alegre. Agora fiquei sabendo que os15 mil restantes estaria sendo ofertado para o petista Antonio Donato. Será?

 Subprefeito dos 50 mil votos 2
Após a publicação da nota da edição passada estranhamente um subprefeito da Zona Leste começou postar ( mesmo antes do inicio da campanha eleitoral) em uma rede social fotos de um vereador, ex-secretário, jurando fidelidade eterna. Acabou vestindo a carapuça, eu nem sabia que ele era o  cara dos 50 mil votos. E talvez para mostrar fidelidade ao vereador começou a até reproduzir um antigo cacoete do parlamentar que historicamente – há mais de três eleições, posa para fotos com a cabeça tombada para a direita (não sei se é tique nervoso ou uma estratégia para demonstrar humildade) e não é, que o subprefeito começou a posar para fotos com a cabeça tombada também. O engraçado foi os dois juntos : criador e criatura, ambos com a cabeça torta. É... isso que é fidelidade. Abraça!!!

 Jornal Avante Itaquera
E aquele jornal que há uns dois meses vem postando em rede social que vai publicar uma série de reportagens para divulgar os trabalhos da Subprefeitura de Itaquera em prol do bairro?. Os meses estão passando e nada de jornal e nada de matéria. Das duas uma: ou não tem nada de bom para noticiar da subprefeitura ou o cascalho não chegou.

 Agora vai
Carvalho!!! Esta eu não queria noticiar, mas fazer o que? Dia desses um candidato, o famoso cabeção, que já foi deputado, fez questão de divulgar que recebeu o apoio da Pé Frio de Itaquera. Tudo bem hoje eu não tomaria uma cerveja com o Cabeção que um dia lhe rendi  muita admiração, tanto que no inicio nos anos 2000 o imortalizei como personagem de um espetáculo teatral que escrevi. Hoje já não o admiro mais, mas juro que eu não queria isso para ele, receber o apoio da Pé Frio pode ser fatal para a sua campanha. É verdade,  a tiazinha tem o pé frio mesmo, teve comerciante que anunciou com ela e faliu, o outro comércio pegou fogo e fora figuras da política que receberam o seu apoio e caíram no limbo do esquecimento. Sinceramente? Eu queria que a Pé Frio de Itaquera fosse apoiar o cabeça tombada, mas fazer o quê? Coincidência ou não depois desse dia fiquei sabendo que a campanha do Cabeção começou ruir inclusive perdendo lideranças e apoios para um tal de Buiú.

Provocação
Dia desses estive e um evento público e um ex-deputado me cumprimentou em tom  de provocação: “Luiz Mário muito bom vê-lo ainda inteiro”. Não me fiz de rogado e respondi “Ah deputado e eu fico muito feliz em ainda vê-lo solto”. Falei zuando, tanto que o tempo fechou, mas não é que o cara parece mesmo que está na lista dos investigados. Os seus próprios colegas de partido me contaram isso. Tanto que deu uma sumida.

Ler 1653 vezes
Luiz Mário Romero

Diretor Responsável: Luiz Mário Romero - MTB 34.256

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.