Sexta, Outubro 20, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 255
Quarta, 04 Maio 2016 10:13

Polemizando - edição 238

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Assessoria do Haddad

Será que o prefeito Fernando Haddad pensa mesmo em ser re-eleito? Se depender de integrantes de sua Assessoria de Imprensa este feito está para lá de difícil, pois a má vontade com que atendem este jornal, deve ser uma tendência natural com todo e qualquer veículo de comunicação.

 

Assessoria do Haddad 2

Explico. Para a reportagem principal publicada nesta edição, sobre as promessas não cumpridas (página 3) a equipe deste jornal (mesmo depois de ter consultado o portal Planeja Sampa) entrou em contato com a Assessoria de Imprensa da Prefeitura visando obter uma versão oficial e até mesmo uma justificativa para os atrasos das obras. Mas a integrante da Assessoria paga com o erário público, se limitou a informar “é só ver no portal”. Dúvida: será que a dita assessora é do Partido dos Trabalhadores ou é de uma base aliada, tipo daquela de Brasília, que deu no que deu.

Semelhanças entre as gestões Haddad e Pitta
Final dos anos 90, auge do escândalo da Máfia dos Fiscais o então prefeito Celso Pitta fragilizado politicamente visitou as obras de uma UBS na Cohab II, se não me falha a memória na rua Silvio Barbini. Este gordo, que já era gordo desde então, cobria a visita para um outro jornal que um dia tive o prazer de integrar a equipe. Nesta visita nenhum vereador acompanhou o prefeito, nem mesmo aquele tal de Osvaldo Eneás. Com nenhum vereador do lado, as moscas de padaria ou papagaio de pirata ficaram felizes, pois puderam colar no saco do prefeito e tirar fotos. “As malas reinaram naquele dia’. 18 anos depois algo parecido aconteceu, o prefeito Haddad visitou a Praça Brasil, pelo menos pelas fotos nenhum vereador foi visto ao seu lado e o que foram vistos foi um bando de malas felizes em estarem ao lado do chefe do executivo municipal. Para evitar problemas vamos explicar, a semelhança para por ai, somente na comparação das visitas, não que o prefeito esteja fragilizado como estava o Pitta, não que exista Máfia dos Fiscais como naquela época.

Guru

Tudo bem prefeito, tudo bem... já sei o preço que vou pagar... já sei que as três notas acima vão me custar a continuidade do embargo que a Prefeitura faz a este jornal na questão das inserções de mídia destinadas aos jornais de bairro. Tudo isso já sei e não precisa ser Mãe Dinah para isso, a retaliação faz parte do pegajoso jogo político dos interesses. Como sei também que daqui a pouco até mesmo aquele novato jornal do cara que loteou a praça e ainda chamou o prefeito, vai ser inserido nas campanhas de mídias da PMSP.


Lideranças fracas

Sobre a matéria da pagina 3 sobre as promessas não cumpridas mostra claramente que Itaquera continua sendo a terra de ninguém, pois provavelmente em outros bairros o índice de promessas não cumpridas não seja tão grande. O que este fato mostra são as fracas lideranças do bairro, claro que devem existir lideranças sérias e que não se vendem por um cargo qualquer, mas a verdade é uma só: a grande maioria é um bando de frustrados, que puxam o saco de políticos buscando a mera auto-afirmação do tipo “tá vendo mãe, o prefeito me chama pelo nome”. Enquanto isto persistir, Itaquera será a mesma terra de ninguém onde qualquer um vem e manda. E como diria uma das poucas lideranças sérias do bairro: tenho dito!

Ler 881 vezes
Luiz Mário Romero

Diretor Responsável: Luiz Mário Romero - MTB 34.256

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.