Terça, Outubro 23, 2018
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 267
Terça, 21 Abril 2015 11:52

Flor de Vila Dalila comemora 42 anos com muita festa Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Uma das escolas de samba mais tradicionais do carnaval paulistano, a Flor de Vila Dalila completou 42 anos de fundação com muita festa e com a presença de grandes nomes do samba e do esporte.

 

O evento aconteceu no dia 31 de março na quadra da da escola e contou com a presença de vários sambistas , entre eles Moisés da Rocha, que foi homenageado pela agremiação no carnaval 2015, quando a Flor trouxe o enredo O Samba Pede Passagem. Quem também prestigiou o evento foi vice presidente do Sport Clube Corinthians Paulista, André Luis de Oliveira que também é chefe de gabinete do deputado federal André Sanches.
Não escondendo e emoção e o amor ao samba de São Paulo o radialista e jornalista, Moisés da Rocha – em entrevista ao Fato Paulista – destacou a alegria que sentiu quando foi convidado para participar da agremiação e ainda mais com o enredo que levou o nome do seu tradicional programa de rádio O Samba Pede Passagem, que é transmitido todos os sábados e domingos das 12h00 às 14h00 pelo rádio USP FM.
“A Flor de Vila Dalila vem resgatando o trabalho na região, e isso é o mais importante, a escola de samba tem que ter um trabalho social na comunidade e com isso trazer benefícios para a população local. Conheço a escola desde o tempo do José Roberto, e sonho em ver a escola sendo um marco na região junto com a sua comunidade, quebrando todos os preconceitos contra as escolas de samba”, comentou.
O presidente Hudson Pinheiro dos Santos conhecido como Ticão , está na agremiação há 37 anos, e muito emocionado relembrou a história da Flor desde 1975, com os presidentes José Roberto e Brandão. “Eles lutaram muito com muito amor e determinação para que hoje pudéssemos voltar ao Grupo I e assim voltar a desfilar no Anhembi”, destacou..
A Flor de Vila Dalila é uma escola familiar, a filha do presidente Ticão, Vitória Regina é rainha de bateria há 4 anos e junto com sua mãe Andreia Madalena Alves, contribuem para que a escola possa entrar na avenida.
O Mestre de Bateria da escola, Júlio da Silva Lopes, o Julinho como é conhecido, está há dois anos na Flor e diz que a bateria é o coração da escola e é necessário “estarmos em plena comunhão de ritmo”.

 

 

 

 

 

 

Ler 1047 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856