Quinta, Dezembro 14, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 257
Quinta, 15 Janeiro 2015 06:52

Santa Casa de São Paulo na mira do Ministério Público

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

O Ministério Público de São Paulo vai pedir para a polícia investigar a denúncia sobre o desvio do FGTS e da previdência dos funcionários da Santa Casa. No levantamento que vem fazendo desde agosto do ano passado, o órgão público descobriu que a instituição descontava dos funcionários o INSS e o FGTS, mas não repassava os impostos à união.

 

O responsável pelo caso o promotor Arthur Pinto Filho, quer se reunir com representantes da Santa Casa de Misericórdia, Secretaria da saúde e Ministério da Saúde, no próximo mês para definir um novo modelo de gestão com maior transparência sobre os gastos da Santa Casa, e discutir propostas para sair da crise.

“Não se pode colocar dinheiro do SUS num ambiente desse em que não tem a menor transparência e não sabe exatamente o que está sendo feito com o dinheiro”. disse Pinto Filho.

A Santa Casa informou que a nova gestão do hospital está normalizando as pendências trabalhistas. E que ainda não foi notificada sobre a investigação.

 

Atendimento

O hospital, que enfrenta uma crise financeira desde o ano passado, voltou a oferecer nessa semana parte dos serviços que estavam suspensos, marcação de consultas e as cirurgias foram retomadas nessa semana, e alguns exames. Esses serviços estavam suspensos por causa da crise econômica. A divida da Santa Casa chega a quase 780 milhões de reais, a maior parte composta por juros bancários que são pagos com o repasse do SUS, que vem da secretaria estadual da saúde e do ministério da saúde. Além de dever para fornecedores, o hospital não pagou o 13º dos funcionários e uma parte dos trabalhadores não receberam o salário de novembro.

Ler 906 vezes
Fabiana Costa

Repórter

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.