Segunda, Novembro 19, 2018
fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 268
Quinta, 06 Setembro 2018 10:47

CIC do Imigrante passa por revitalização e amplia serviços na capital paulista

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Da orientação para retirada de documentos a cursos profissionalizantes, o atendimento será exclusivo para imigrantes e refugiados

Na última terça-feira, 4, o CIC do Imigrante - Centro de Referência e Acolhimento, localizado na zona oeste da capital, passou a contar com novos serviços para acolher e atender exclusivamente imigrantes e refugiados. A iniciativa foi possível graças ao empenho da presidente do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo (Fussesp), professora Lúcia França, que reuniu esforços de diversos órgãos e entidades para disponibilizar em um único local um atendimento mais humanizado para este público.

"O Estado de São Paulo é considerado uma das principais portas de entrada de solicitantes de refúgio no nosso país. Precisamos dar oportunidade para que estas pessoas consigam se desenvolver, mais do que simplesmente sobreviver", aponta a professora Lúcia França, presidente do Fussesp.

O Fundo Social de Solidariedade do Estado está presente no local com a Escola de Qualificação Profissional, oferecendo os cursos da Escola de Moda, Escola de Construção Civil e da Padaria Artesanal, além de uma Loja Social com itens de vestuário doados pela Campanha do Agasalho e o Espaço Brincar, que receberá as crianças no período em que os pais estiverem em atendimento.

O sírio Abdul Jarour, de 29 anos, está no Brasil desde 2014 e comentou sobre a importância desta iniciativa. “É este tipo de acolhimento que precisamos, não estão me dando o pão para comer e sim estão me ensinando a fazer. Me sinto muito grato por esta oportunidade”. Marc Joseph, de 29 anos, do Haiti, destacou a importância da solidariedade brasileira. “Considero todos os brasileiros como irmãos. Nós estrangeiros precisamos deste tipo de apoio e compreensão”.

Com a participação da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania, da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), da Prodesp/Poupatempo, da Assessoria Internacional do Governo do Estado de São Paulo e do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), serão oferecidos 25 serviços em um único local, da orientação para retirada de documentos a cursos profissionalizantes.

Serviços oferecidos no CIC do Imigrante

1) PAT - Posto de Atendimento ao Trabalhador (SERT - Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho)

Cadastro para vagas de emprego, habilitação ao seguro desemprego e orientações gerais. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

2) Banco do Povo (SERT - Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho)

Programa de microcréditopara capital de giro e investimento fixo. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

3) Defensoria Pública Geral (Defensoria Pública do Estado de São Paulo)

Ajuda de forma integral e gratuita em casos envolvendo direito de família: separação, divórcio, pensão alimentícia, guarda de filhos, violência doméstica, entre outros. Todas as terças-feiras, das 9h às 12h.

4) Acessa SP e Acessinha (Secretaria do Governo)

Acesso gratuito à Internet, por meio da inclusão digital. De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Já iniciou atendimento com um monitor refugiado do Congo que fala português, francês e inglês.

5) Fundação Procon (Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania)

Atendimento ao consumidor, fiscalização e orientação sobre relações de consumo. De segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.

6) Cursos de português (Coletivo Núcleo de Estudos sobre Migrações em parceria com o coordenador do Curso de Licenciatura em Letras da Universidade Nove de Julho)

12 vagas para cada ciclo (Básico, intermediário e avançado). As vagas para novas turmas serão abertas imediatamente se houver demanda. Preparatório para Enceja/Etec/Enem/Celpe Brás. Segundas e terças-feiras, das 10h às 12h. Sábados, das 14h às 16h.

7) Curso de espanhol (Centro Paula Souza)

28 vagas (curso de 3 meses, básico). Quarta a sexta-feira, das 14h às 17h. 

8) Curso sobre empreendedorismo (Sebrae) 

30 vagas por turma. 1 dia e curso. Será realizada a divulgação do curso, para que a partir da demanda inicial sejam definidos os dias e horários para formar as turmas.

9) Estamparia (Colégio Lubavitch) 

12 vagas por turma. Intensivo de 1 semana. O curso é oferecido uma vez por mês. De segunda a sexta-feira, das 14h às 18h. Primeira turma iniciou curso (20 a 29 de agosto).

10) Informática (Colégio Lubavitch) 

15 vagas por turma (matutino e vespertino se houver demanda). Duração de 1 mês. Segunda a sexta-feira, das 14h às 18h. 

11) Escola de Moda – Corte e Costura (Fussesp)

20 vagas por turma. Segunda e quarta-feira, das 8h às 12h. 

12) Escola de Moda – Modelagem (Fussesp)

16 vagas por turma. Segunda e quarta-feira, das 8h às 12h. 

13) Escola de Construção Civil - Assentador de Pisos e Azulejos(Fussesp)

20 vagas por turma. Segunda e terça-feira, das 8h às 12h. 

14) Escola de Construção Civil - Pedreiro(Fussesp)

20 vagas por turma. Segunda e terça-feira, das 8h às 12h. 

15) Padaria Artesanal (Fussesp)

Curso tradicional 10 tipos de pães (30 vagas por turma). Terça a quinta-feira, das 8h às 17h. 

16) Atendimento Ambulatorial (Secretaria da Saúde do Estado)

Clínico geral, pediatra, psicólogo, enfermeira.

17) Abertura de empresa (Jucesp) 

Orientação e encaminhamento para Jucesp. Segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

18) Agendamento para emissão de documentos (Ministério do Trabalho e Polícia Federal)

Agendamento para emissão da carteira de trabalho – Ministério do Trabalho. Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Encaminhamento para Polícia Federal (Sede Lapa) para emissão do Registro Nacional de Estrangeiro (RNE). Segunda a sexta-feira, 8h às 17h.

19) Cordão da Terra

Ensaio de músicas do folclore brasileiro - Maracatu. Grupo formado por integrantes brasileiros, qualquer pessoa que tenha interesse pode apenas assistir ou participar, o ensaio é aberto. Todas as quartas-feiras, das 19h às 21h 

20) Cia Caracaxá

Ensaio de músicas do folclore brasileiro - Maracatu. Grupo formado por integrantes brasileiros, qualquer pessoa que tenha interesse pode apenas assistir ou participar, o ensaio é aberto. Todas as quintas-feiras, das 19h às 21h. 

21) Loja Social

Espaço com itens de vestuário da Campanha do Agasalho que serão colocados à disposição dos imigrantes e refugiados para doação. Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. 

22) Espaço Brincar (Fussesp)

Espaço para as crianças com brinquedos e livros. Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

23) Biblioteca Móvel (Fussesp)

Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

24) ACNUR - Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados

Rodas de conversa com dias e horários a serem definidos.

25) CDHIC - Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante

Orientação migratória, atendimento especializado em Direitos e Violação de Direitos, orientação sobre regularização de ONGs, atendimento às vítimas de violência e orientação sobre tráfico de pessoas. Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Serviço

CIC do Imigrante

Endereço: Rua Barra Funda, 1.020 - Barra Funda - São Paulo/SP

Funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Telefone: (11) 3115-2048

Ler 1727 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856