Segunda, Novembro 20, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 256
Quarta, 01 Novembro 2017 08:57

Sabesp passa a coletar esgotos de mais de 24 mil pessoas em Itanhaém

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Com investimentos de R$ 150 milhões, obras já levam benefícios a 18 bairros da cidade

 

O governador Geraldo Alckmin inaugurou nesta segunda-feira, 30, obras de expansão do sistema de esgotamento sanitário executadas pela Sabesp em Itanhaém. O evento aconteceu na mesma cerimônia de abertura do Hospital Regional Jorge Rossmann. “São 87 km de tubulações, 2 km de redes pressurizadas, 8 estações elevatórias executadas e 9 mil ligações domiciliares de esgotos. Esgoto é saúde e é isso que estamos trazendo para a população de Itanhaém e da Baixada”, disse Alckmin.

Os investimentos de R$ 150 milhões foram feitos por meio do Programa Onda Limpa - maior iniciativa de recuperação ambiental da costa brasileira. Ao todo, 19 bairros foram contemplados: Cibratel I, Balneário São Jorge, Balneário Gaivota, Jardim Italmar, Vila Balneária, Jardim Fazendinha, Estância Beira Mar, Parque Balneário Itanhaém, Vila Suarão, Vila Jacy, Jardim Oásis, Jardim Nossa Senhora do Sion, Jardim Suarão, Jardim Magalhães, Vila Nova Itanhaém, Verde Mar, Marrocos, Loty e Campos Elíseos.

As melhorias já estão em operação, beneficiando mais de 24 mil pessoas na cidade e contribuindo positivamente com a balneabilidade dos rios e praias da região. As obras geraram 3.885 empregos diretos e indiretos. Além dos ganhos ambientais, uma vez que 100% do volume coletado na Baixada Santista passa por tratamento antes da disposição final, o encaminhamento dos esgotos para tratamento é também questão de qualidade de vida da população, pois se estima que a cada R$ 1 investido em saneamento são economizados outros R$ 4 na área da saúde.

Programa Onda Limpa

Em uma década de Programa Onda Limpa, foi investido R$ 1,9 bilhão, que propiciou a expansão do sistema de esgotamento sanitário para 350 mil pessoas na Baixada Santista, elevando a cobertura do atendimento com coleta de esgotos de 53% para 77% na região.

A próxima etapa do Programa Onda Limpa está sendo planejada e é estimado investimento de mais R$ 1,8 bilhão para que se atinja a universalização da cobertura dos serviços de esgoto na região metropolitana da Baixada Santista.

Ler 1585 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.