Sexta, Novembro 17, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 256
Terça, 17 Outubro 2017 13:23

Alckmin entrega mais dois novos trens para CPTM e lança campanha de incentivo à leitura nas estações

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

As novas composições vão circular nas linhas 7-Rubi e 11-Coral; já a campanha Livro Livre distribuirá livros gratuitos

 

Nesta terça-feira, 17, o governador Geraldo Alckmin, o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, e o presidente da CPTM, Paulo de Magalhães, entregaram mais dois trens para a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), totalizando 22 composições novas em operação: 15 na Linha 7-Rubi (Luz–Francisco Morato) e sete no serviço Expresso Leste, na Linha 11-Coral (Luz–Guaianases).

“São composições com vagões contínuos, ar condicionado, maior motorização, que trazem mais conforto e segurança para os passageiros. Com os novos trens, estamos substituindo os muito antigos e também aumentando o número de trens em operação, o que ajuda a reduzir a lotação no horário de pico”, disse o governador Geraldo Alckmin.

Na mesma ocasião, foi lançada a 12ª edição da campanha Livro Livre, que promove a distribuição gratuita de exemplares entre usuários da CPTM. Entre os dias 23 e 27 de outubro, dez mil livros estarão nas estantes itinerantes de doação/troca, disponibilizadas nas estações Luz, Vila Olímpia, Engenheiro Goulart, Santo André, Mogi das Cruzes, Suzano, Piqueri, Caieiras e Ribeirão Pires.

Inspirado na música “Deixa a vida me levar”, sucesso do cantor Zeca Pagodinho, o slogan deste ano “Deixa o livro te levar” procura atrair os usuários para levarem seus livros para trocá-los por outros títulos nas estantes itinerantes.

Além de promover a leitura, o Livro Livre também incentiva a prática do bookcrossing, movimento que inspirou o projeto e que ocorre em várias partes do mundo com um convite inspirador: deixar livros em locais públicos, como as estações ou bancos de trens, para que outros leitores os encontrem e, após a leitura, faça-os circular, ampliando o acesso ao conhecimento.

Para quem quiser contribuir com a iniciativa, as doações podem ser feitas durante todo o ano nas estações da CPTM. Desde 2006, o projeto Livro Livre da CPTM já distribuiu mais de 200 mil exemplares. O evento acontece sempre no mês de outubro, em celebração ao “Dia Nacional do Livro”, comemorado em 29 de outubro. 

Novos trens

As duas novas composições entraram em operação, hoje, na Estação da Luz e integram o lote de 65 unidades adquiridas pela CPTM:35 encomendadas à empresa espanhola CAF e 30 à Hyundai Rotem. A série 9.500, da Hyundai Rotem, prestará serviços na Linha 7-Rubi e a série 8.500, da CAF, terá como destino o Expresso Leste.

Com mais essa entrega, a CPTM dá continuidade ao processo de padronização da frota de todas as linhas, readequando as séries de trens de acordo com a necessidade operacional. O objetivo é oferecer trens modernos e com ar condicionado, proporcionando mais conforto aos usuários.

Com 60,5 quilômetros de extensão, a Linha 7-Rubi é a maior da CPTM e liga a Estação da Luz a Jundiaí, com média de 425 mil usuários transportados por dia útil. O trecho maior, com 39 km, vai da Luz até Francisco Morato e atende cerca de 395 mil passageiros/dia útil. Já a extensão entre Francisco Morato e Jundiaí tem 21,5 km e é utilizada em média por 30 mil usuários/dia útil.

Com cerca de 700 mil passageiros transportados/dia útil, a Linha 11-Coral é a mais movimentada. Do total de 50,8 km de extensão, 24,2 km estão na capital e compreendem o trecho de Luz a Guaianases – o chamado Expresso Leste, que transporta em média 500 mil usuários/dia útil. De Guaianases a Estudantes, são 26,6 km, e cerca de 200 mil passageiros transportados/dia útil.

Com salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), os trens possuem monitoramento com câmeras na parte externa e interna e são acessíveis para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência (contam com sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, mapa dinâmico e áudio, além de espaço para cadeirantes). Também dispõem de monitores digitais internos com informações e interação das principais notícias sobre a prestação de serviços, além de reconhecimento eletrônico automático do maquinista por meio de biometria.

Os demais trens serão entregues ao longo dos próximos meses e entrarão em operação após a realização de testes, que são feitos nos sistemas elétricos, mecânicos e de sinalização. Dependendo das necessidades de ajustes que surgirem e do tempo de solução por parte do fabricante, os testes podem ser prolongados. As novas composições serão incorporadas para a renovação da frota de acordo com a necessidade operacional de cada linha. 

Ler 5211 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.