Quarta, Novembro 22, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 256
Quarta, 09 Agosto 2017 06:23

Governo de São Paulo firma parceria para prevenir doenças cardiovasculares na escola

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Protocolo de intenções com a Sociedade Brasileira de Cardiologia foi autorizado nesta terça-feira, 8, pelo governador Geraldo Alckmin. Cerca de 3,8 milhões de alunos da rede estadual vão aprender com o projeto SBC vai à Escola.

 

Alunos da rede estadual de ensino aprenderão a prevenir doenças cardiovasculares por meio do programa SBC vai à Escola, uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Nesta terça-feira, 8, o governador Geraldo Alckmin autorizou a assinatura do protocolo de intenções entre a Secretaria de Educação do Estado e a SBC.

Os estudantes serão orientados sobre a importância de uma alimentação equilibrada e da prática de atividades físicas para diminuir a prevalência da obesidade, um dos fatores de risco para doenças cardiovasculares. Eles também aprenderão noções básicas de atendimento em caso de paradas cardíacas.

O primeiro passo para a implementação do programa será a formação de um grupo de trabalho, que apreciará e aprovará um plano de ação com estratégias para promover a saúde cardiovascular entre os alunos da rede.

O objetivo é capacitar os estudantes, de forma que se tornem multiplicadores de informações quanto à prevenção de doenças cardiovasculares.

Treinamento de emergência cardíaca

Em junho deste ano, 80 escolas da capital participaram de um mutirão de treinamento de emergência cardíaca durante o XXXVIII Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo. Foram ensinadas técnicas de ressuscitação cardiopulmonar e massagens torácicas com ajuda de um boneco reciclado, o "Guizinho".

Os alunos foram incentivados a elaborar os próprios bonecos que usaram nos exercícios. Para isso, foram envolvidos os médicos da Socesp, professores de arte, ciências, além dos educadores da Escola da Família. As oficinas foram incluídas nas atividades curriculares e trabalhadas de maneira interdisciplinar no primeiro bimestre.

Ler 532 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.