Terça, Dezembro 12, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 257
Quinta, 01 Junho 2017 13:56

São Paulo respira Sustentabilidade no Dia do Meio Ambiente

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

No Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, prefeitura de São Paulo prepara inúmeras atrações de incentivo às práticas sustentáveis.

 

Durante toda a manhã, das 10h00 às 13h00,a Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, em parceria com a equipe da Universidade do Meio Ambiente e Cultura de Paz (UMAPAZ), realizará o Seminário “Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). O intuito do encontro é discutir ações que viabilizem os 17 temas que constam na lista desses Objetivos. Lembrando que os ODS são parte da agenda de desenvolvimento aprovada pelos Estados-membros das Nações Unidas no fim de 2015 e que deve ser cumprida até 2030. A Palestra Magna será ministrada por Haroldo Machado Filho, assessor Sênior para Agenda 2030- ONU/ PNUD. Entre a autoridades convidadas estão: Bruno Covas, vice-prefeito e secretário municipal das Prefeituras Regionais, Gilberto Natalini, secretário municipal do Verde e do Meio Ambiente, Alexandre Schneider, secretário municipal de Educação e Rose Inojosa, diretora da UMAPAZ. O evento acontecerá na sede da UMAPAZ , no Parque Ibirapuera. Entrada pela Av. IV Centenário, 1268, Portão 7A.

Ao longo do dia, a partir das 9h00,o Parque Trianon ficará tomado por especialistas da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente a fim de reestruturar e cuidar da vegetação do local constituída por remanescentes da Mata Atlântica. Serão plantadas 300 mudas de 85 espécies arbóreas nativas (conforme Portaria SVMA 60/2011 e a atualização do Inventário da Biodiversidade do Município de São Paulo, 2016). Na ocasião ainda serão removidas sementes e plântulas de palmeira australiana Archontophoenix cunninghamiana, mais conhecida como ‘seafórtia’. A necessidade de remoção dessas árvores se dá pelo fato delas terem descaracterizado a mata do Parque ao longo do tempo, num processo de invasão biológica por espécies exóticas. Elas têm uma propagação intensa e competem agressivamente com as espécies nativas, além de causarem sombreamento excessivo, o que prejudica o desenvolvimento de outras plantas.

A invasão de espécies exóticas tem sido a segunda maior causa de perda de diversidade em florestas tropicais. Além do Trianon há registros documentados de invasão biológica por esta espécie na Reserva da CUASO (Cidade Universitária), na Reserva Biológica do PEFI, conforme revisão bibliográfica de Petri (2017) e no Parque CEMUCAM. A atividade acontecerá em toda área do Parque Trianon, no coração da Avenida Paulista. Entrada pela Rua Peixoto Gomide, 949.

E o dia 05 será a última oportunidade para admirar diversos cartões postais da cidade iluminados por um verde radiante.  A iniciativa, que acontece de 2 a 5 de junho, faz parte de um conjunto de ações que a ONU Meio Ambiente está programando para deixar o planeta mais iluminado.  Com o apoio daILUME -Departamento de Iluminação Pública do Município, receberão as luzes verdes os seguintes pontos da cidade: o Viaduto do Chá, a Ponte Estaiada, o Borba Gato, o Monumento às Bandeiras e o edifício sede da Prefeitura de São Paulo. “Acreditamos que essas ações incentivem a população a participar e sirvam de alerta porque precisamos despertar nas pessoas a necessidade de um engajamento maior na defesa do nosso planeta”, ressalta o secretário do Verde e do Meio Ambiente Gilberto Natalini.

Mais atividades da programação do Dia Mundial do Meio Ambiente, você pode conferir no site:http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/

Ler 202 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.