Quinta, Agosto 24, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 253
Quarta, 17 Maio 2017 12:12

Prefeitura Regional Penha desfaz barracos embaixo do Viaduto Cangaíba

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)
Operação de desfazimento foi realizada nesta quarta-feira, 17 de maio Operação de desfazimento foi realizada nesta quarta-feira, 17 de maio

Nesta quarta-feira (17), a Prefeitura Regional Penha realizou o desfazimento de cerca de dez barracos que ocupavam a área embaixo do Viaduto Cangaíba, no terreno relativo à Rua Itacaré.

 

A operação foi bem organizada e os poucos barracos, dois deles já bem formados, foram desfeitos sem nenhuma ocorrência grave. Tudo foi feito sem nenhuma demonstração de violência por parte dos moradores que haviam invadido a área pública. Existem duas comunidades irregulares em ambas as margens do córrego Tiquatira: Chaparral 2, com um número significativo de barracos e já consolidada; e a Pé Sujo, esta que é bem menor e que foi desfeita hoje pela manhã.

A Regional Penha está cumprindo seu papel de forma preventiva e de forma. O prefeito Jurandir Junqueira Junior contou com as equipes da Defesa Civil, com a GCM, por meio de sua Guarda Ambienta e as equipes da CPO distribuídas em várias tarefas. O prefeito, em atendimento às demandas dos moradores, conversou com todos que se aproximavam e expunham seus problemas.

Entre os temas das conversas, um deles recebeu promessa do prefeito Jurandir Junqueira Junior, a de preparar um terreno nas margens para que os moradores possam cultivar uma horta, bem melhor do que a que foi mostrada ao prefeito, num terreno impróprio. Outro assunto que veio à conversa com os moradores foi o da criação de um parque, uma forma de ocupar aquele espaço com lazer para toda a comunidade, inclusive equipado com aparelhos de ginástica.

“Estou pensando em buscar uma solução pra essa área, para vocês!”, disse o prefeito. E continuou: “Mas vocês têm que cumprir a parte de vocês, cuidar da área e evitar invasões. Estive agora em Esperantinópolis e vi a péssima situação em que as pessoas vivem... Precisamos trabalhar contra isso. Aqui, vou juntar o pessoal do Verde e da Saúde para dar um melhor atendimento à comunidade”, frisou.

O trabalho com os caminhões e tratores se estendeu até a tarde, pois havia muito lixo acumulado nas áreas livres e nas margens próximas aos barracos. Vejam as fotos.

Ler 239 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.