Sábado, Outubro 21, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 255
Quinta, 11 Maio 2017 12:12

Sabesp flagra furto de água para construção de prédio residencial no centro de São Paulo

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Fraude desviava 79 mil litros de água por mês; engenheiro foi levado à delegacia após flagrante
Só em abril, no centro expandido de São Paulo, fraudes interrompidas desviavam 1,1 milhão de litros

 

(11/05/17) – Operação caça-fraude realizada pela Sabesp no centro de São Paulo, com o apoio da Secretaria de Segurança Pública, flagrou nesta quarta (10) uma irregularidade em uma construção de prédio residencial na Liberdade. O furto de água estimado foi de 79 mil litros desviados por mês, volume suficiente para abastecer 20 pessoas a cada mês.

O engenheiro responsável pela obra foi levado ao 6º Distrito Policial, no Cambuci, pelo crime de furto. A construtora deverá realizar o pagamento retroativo pela água consumida, pois a obra do prédio residencial não tinha consumo medido pelo hidrômetro, uma vez que a água era desviada para a construção dos apartamentos.

Somente no mês passado foram constatadas 31 grandes irregularidades no centro expandido da cidade. O desvio de água estimado é de 1,1 milhão de litros por mês, volume suficiente para abastecer cerca de 260 pessoas no mesmo período. Os responsáveis pelos imóveis foram levados para os Distritos Policiais competentes, sendo que 9 pessoas receberam voz de prisão em flagrante pelo crime. Entre os locais que foram flagrados estão residências, comércios, restaurantes e lava-rápidos, por exemplo.

A fraude prejudica toda a população. Quem comete o crime não se preocupa com o desperdício, pois acredita que não irá pagar pelo alto consumo. É comum entre fraudadores deixar torneiras abertas e não consertar vazamentos. Em casos de irregularidade, os proprietários ou representantes dos imóveis são convocados para prestar esclarecimentos para a polícia, com respectiva abertura de inquérito para investigar os responsáveis pelo furto de água. Furto é crime tipificado no Artigo 155 do Código Penal, que prevê de um a quatro anos de reclusão, pena que sobe para até oito anos de cadeia caso haja qualificação – como quando há participação de duas ou mais pessoas ou destruição de equipamentos.

Para identificar esse tipo de crime, a Sabesp trabalha com as equipes de caça-fraude, que acompanham o consumo e vistoriam os imóveis. Além disso, conta com a colaboração dos próprios moradores, que podem relatar casos suspeitos pela Central de Atendimento (195) ou pelo Disque-Denúncia (telefone 181). A chamada é gratuita e não exige a identificação de quem telefona.

Ler 253 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.