Quinta, Dezembro 14, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 257
Quinta, 30 Junho 2016 13:13

Prefeitura concede terreno para construção de complexo educacional do Sesi e Senai em Itaquera

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Espaço terá escola de ensino fundamental e médio para 1.536 alunos e unidade de ensino profissionalizante para 2.688 estudantes. Prefeitura já havia concedido terreno ao lado para entidade construir centro cultural com teatro para 800 pessoas

 

O prefeito Fernando Haddad assinou na tarde desta quarta-feira (28) a concessão administrativa de uso de um terreno municipal de 21,1 mil metros quadrados, na rua Doutor Luiz Aires, em Itaquera, para a construção de um complexo educacional do Serviço Social da Indústria (Sesi-SP) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

O complexo educacional integra o Polo Institucional de Itaquera e contará com uma escola de ensino fundamental e médio do Sesi-SP, articulado com ensino técnico, com capacidade para 1.536 alunos. Também está prevista a construção de uma escola de ensino profissionalizante do Senai-SP, com capacidade para 2.688 alunos, ou quase 20 mil matrículas por ano. 

“O que queremos é criar uma grande centralidade na zona leste e entendemos que esse sítio significa o melhor espaço para o desenvolvimento dessa região com relação a comércio, serviços, acesso a educação e cultura no extremo leste”, afirmou o prefeito.

A previsão da escola do Senai é oferecer mais de dez cursos diferentes, como Urbanismo e Meio Ambiente, Conectividade e Telecomunicações, Logística, Alimentos, Infraestrutura Sustentáveis, Design, Mobilidade Urbana, Metalomecânica e Sistema de Segurança. 

“Não adianta nada só fazer o curso e não ter demanda para aquele curso ou demanda para aquela oportunidade de emprego”, disse o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf, que também assinou a concessão.

Em agosto do ano passado, a Prefeitura já havia concedido um terreno ao lado, com 40 mil m², para a instalação de um centro cultural do Sesi. Além de um teatro com 800 lugares e palco reversível, o espaço contará com cursos de formação e especialização para artes e cultura, e um centro de incentivo para a matemática e ciências. Somados, o complexo educacional e o cultural contarão com quase R$ 200 milhões em investimentos.

Além dos dois complexos, o entorno conta com um terminal de ônibus e a estação do metrô Corinthians-Itaquera, a Arena Corinthians, e uma unidade da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec). 

“Junto com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano, estamos mapeando as oportunidades para transformar esse espaço em um centro vivo da zona leste, porque é um lugar de fácil acesso, com metrô e terminal de ônibus conjuntos ali”, afirmou o prefeito Haddad.

A concessão para as escolas tem validade pelo período de 99 anos, mas os termos estabelecem que, em até 12 meses, o SESI e o Senai apresentem os projetos das obras e iniciem as obras para a construção do complexo em, no máximo, um ano após a aprovação. A ideia é que as escolas do complexo educacional entrem em operação até 2021.

“Essa escola do Senai, quando estiver pronta, teremos na cidade de São Paulo a mais moderna escola do mundo para a formação profissional dessas áreas, porque o Senai, quando faz um investimento, procura o que há de mais moderno no mundo em sistema, em equipamentos, laboratórios e construção”, disse Skaf.

Investimentos

Antes da Copa do Mundo de 2014,a região ganhou uma série de melhorias viáriaseuma lei de incentivos fiscais, que concede isenção do IPTU e redução do ISS, ajudará a zona leste a atrair empresas e gerar mais empregos. Outra medida foi acessão de um terreno de 173 mil m² para a instalação de um campus da Unifesp, na zona leste.

“A região do entorno da Jacu Pêssego compõe o Arco do Futuro, o tramo leste do Arco do Futuro é justamente a Jacu Pêssego com o Polo de Itaquera. Nós concebemos o polo como uma área para receber incentivos fiscais para atrair empresas, mas uma das formas de atrair empresas, é você criar a cidade e a Arena Corinthians por si só não basta”, disse Haddad.

Ler 457 vezes
Ligia Minaro

Jornalista Responsável: Ligia Minaro - MTB 33.856

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.