Terça, Setembro 25, 2018
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 266
Quinta, 21 Junho 2018 12:05

Show Naïf, com Nani Barbosa no Tucupi, dia 28 de junho

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

MPB, música folclórica, eletro-acústica e improvisos vocais farão parte do show

 

São Paulo, junho de 2018 - A cantora e compositora Nani Barbosa traz especialmente ao Tucupi um show intimista em formato solo bastante aconchegante. No repertório, estarão canções de seu primeiro disco "Naïf", como "Hoje a lua é minha" e " La fiesta", além de novas composições e releituras.

Em suas influências, a música popular brasileira – especialmente a Vanguarda Paulista – encontra-se com a música latino-americana, a música tradicional folclórica, a música eletro-acústica e o free jazz.

Com elementos que exploram a essência criativa em potencial das canções, a cantora cria paisagens sonoras vocais-instrumentais e improvisos entre letras e sons que a inspiram.

Naïf

Originalmente utilizado em artes visuais, o termo Naïf, surgiu da língua francesa e traduz as artes populares de qualquer povoado no mundoNaïf privilegia a intuição norteada pelo significado da palavra ingênuo. Acentua a originalidade da intuição expressa nasonoridade artística.

Prêmios

O CD Naïf ficou entre os 50 melhores em 2015, da seleção anual feita pelo site Embrulhador – plataforma que fomenta a discussão sobre música nacional contemporânea na categoria “Melhores da Música Brasileira”. Além disso, Nani Barbosa venceu o Premio Produssom Catraca Livre, com composição da “Espera”, no grupo “Eu, Você e Maria”, gravação do seu primeiro videoclipe, em 2012.

Serviço:

Show Naïf, com Nani Barbosa no Tucupi

Data: 28 de junho (quinta-feira)

Horário: 20h

Local: Tucupi

Endereço: Rua Major Maragliano, 74, Vila Mariana, São Paulo-SP

Valor: R$15

Reservas: (11) 94184-1160

Aceita cartão de crédito e débito

Não possui estacionamento

Sobre Nani Barbosa: É cantora, instrumentista, compositora e arranjadora. Em seu trabalho solo, lançou em 2016 o disco autoral Naïf (2016), que transita entre o canto popular e o canto experimental, e ficou entre os 100 melhores discos da música brasileira pela lista O Embrulhador, rodando os estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais.

Participa dos projetos coletivos: UMA (com Janaina Fellini e Thayana Barbosa), Orquestra do Corpo (dirigida por Fernando Barba - Barbatuques - e Stênio Mendes) e o duo de Música Criativa Improvisada com o guitarrista e poeta Rodrigo Bragança.

Participou de outros projetos com destaque para Eu, Você e Maria (música vocal eletroacústica) e o grupo Bayaka com quem lançou outros 5 discos.

Como pesquisadora é mestranda em Música e Educação pela ECA - USP, especialista em Canção Popular pela Faculdade Santa Marcelina (São Paulo - SP) e pesquisa improvisação e processos criativos com o canto.

Ler 176 vezes