Quinta, Setembro 21, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 254
Cotidiano

Cotidiano (254)

A construtora MRV foi condenada a indenizar um consumidor por entregar um imóvel novo com uma série de defeitos. A entrega do imóvel estava prometida para dezembro de 2005. Nove meses depois, a construtora chamou o consumidor para fazer a entrega, mas ele recusou o recebimento ao constatar os danos.

A Casa & Vídeo (Mobilitá Comércio, Indústria e Representações) terá que pagar R$ 6 mil por danos morais a um consumidor. Em novembro de 2008, Jefferson de Oliveira comprou uma filmadora em uma das lojas do grupo juntamente com um seguro de um ano do produto.

O que era para ser um mega evento alusivo ao aniversário de 327 anos do bairro que vai sediar a abertura da Copa do Mundo, se transformou em uma das maiores frustrações populares da história da Zona Leste. Por meio de medida liminar a Justiça determinou o cancelamento dos shows em parceria com uma rádio FM, que aconteceriam no sábado dia 23 e domingo 24 de novembro.

Em sua edição 202 este Fato Paulista denunciou o abandono da Praça localizada no entroncamento da rua Aureliano Barreiros com avenida Jacu Pêssego.

Como em Itaquera obras em prol do transporte e do trânsito, podem também ajudar a aniquilar parte do comércio da avenida Ragueb Choff em São Mateus, Zona Leste paulistana. As obras do Monotrilho que liga o Ipiranga à Cidade Tiradentes com uma estação no terminal São Mateus. O monotrilho terá 26,6 km e 18 estações elevadas.

O Jardim Norma em Itaquera é uma das vilas mais populosas da região e nos últimos anos tem vivido o chamado “boom” imobiliário  com a inauguração de novos empreendimentos imobiliários, alguns até com cinco torres, como consequência a população local  aumentou e a demanda por vagas em creches públicas também aumentou consideravelmente. O líder comunitário Jorge Luis Carvalhos o “Ponês” denuncia que a sua comunidade não tem creche publica e mesmo assim dirigentes da DRE (Delegacia Regional de Ensino) Itaquera afirmam que não existe demanda para o local, conforme o próprio Ponês informou ao Fato Paulista.

Uma área com mais de 200 mil metros quadrados, localizada na Marginal Pinheiros, 14.500, está sendo alvo de disputa entre uma empresa da construção civil a Bueno Neto Empreendimentos e Construções AS e do outro lado Iria Maria Royer, que afirma ser representante  daqueles que segundo ela são os reais proprietários.

Quem promete é o líder comunitário e chefe de gabinete do vereador Alessandro Guedes do PT, Hamilton Clemente Alves. Ele promete criar um grande movimento e fechar a via, caso a Dersa e a CDHU não revejam a situação das centenas de famílias, que foram desabrigadas por causa das obras do Rodoanel na região do Jardim São Francisco em São Mateus.