Sexta, Novembro 24, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 256
Cotidiano

Cotidiano (262)

Vários amigos e familiares prestigiaram o aniversário de Jorginho de Ermelino, que aconteceu no sábado dia 9 de maio último no badalado Primu’s Bar da Ponte Rasa em Ermelino Matarazzo.

Depois de denúncia do Fato Paulista a Prefeitura Municipal de São Paulo enviou o caso do coordenador de CPDU (Coordenadoria de Projetos e Desenvolvimento Urbano) de Itaquera, Alexandre Massola Tavares a CGM – Controladoria Geral do Município, órgão que apura denúncias que envolvem servidores públicos municipais.

Moradores sofrem com terreno abandonado pela Eletropaulo. Não é a primeira vez que este periódico faz reportagem referente a falta de manutenção dos terrenos da Eletropaulo no Jardim Norma em Itaquera.

Não é difícil imaginar – que na Subprefeitura de Itaquera no mínimo muita incompetência administrativa pode mesmo estar minando os rumos da gestão do prefeito Fernando Haddad. Depois da inauguração de um centro gastronômico com imóveis erguidos em alvenaria que foram - supostamente cedidos sem processo licitatório com apenas uma autorização de uso de três meses, agora surge uma nova denúncia: a de suposto pagamento de R$ 20 mil efetuado por cada contemplado para o uso do espaço por dois anos.

Terça, 21 Abril 2015 13:03

O caos em rua de São Mateus

Escrito por

A situação mo rua Santo André Avelino em São Mateus está para lá de periclitante, tanto são os problemas nesta via. Os moradores do Condomínio Parque São Rafael reclamam quase que em uníssono, devido ao descaso com que estão sendo tratados pelo Poder Público.

Na edição deste Fato Paulista que circulou no dia 21 de março foi estampado em sua primeira página a seguinte manchete: “Coordenador dos fiscais manda multar e depois – supostamente – negocia consultoria”. A reportagem informava o fato do coordenador de CPDU (Coordenadoria de Projetos e Desenvolvimento Urbano) de Itaquera, Alexandre Massola Tavares ser proprietário da empresa TAC – Assessoria que justamente cuida da regularização de empresas sem alvará de funcionamento – por exemplo. A reportagem trouxe a informação dada pela própria funcionária da TAC Assessoria, que informava que uma regularização saia por “cinco mil e um pouquinho” e que o proprietário da empresa atuava – no caso o próprio Alexandre Tavarez – na Subprefeitura de Itaquera.

Terça, 21 Abril 2015 12:43

Riacho dos Machados espera incio de obras

Escrito por

Após anos de luta e de espera dos órgãos municipais pela realização de uma obra de pavimentação e da readequação de um córrego que, em períodos de chuvas, traz transtornos para centenas de famílias na comunidade Riacho dos Machados em São Mateus, na Zona Leste de São Paulo, os moradores da região esperam apenas o inicio das obras, previsto para os próximos dias, para enfim, se sentirem mais tranquilos e finalmente livres de um problema que, durante muito tempo, tem tirado o sono e provocado pânico na população local.

A Subprefeitura de Itaquera deve mesmo estar a "mercê" dos desmandos do presidente da CDLI (Camara de Dirigentes Lojistas de Itaquera) o renomado empresário Roberto Manna que é aliado do deputado tucano Fernando Capez. Em uma total falta de respeito a população e a isonomia estão sendo noticiados no bairro a construção de um estacionamento e de um centro gastronômico, que serão administrados pela CDLI, inclusive com cobranças de "taxas de manutenção".

Este sim pode ser o maior golpe na gestão do prefeito Fernando Haddad. Um golpe que nem mesmo a oposição seria capaz de acertar. Nos últimos dias os já combalidos comerciantes do bairro de Itaquera começaram a receber uma saraivada de multas e autuações da fiscalização da Subprefeitura – depois que Itaquera ganhou novo coordenador de CPDU – o "presente de grego" Alexandre Tavares. Para piorar a situação o próprio é dono de uma empresa que promete a regularização de empresas como licença de funcionamento e alvarás para obras por módicos R$ 5 mil, conforme costatou a reportagem do jornal Fato Paulista, junto a própria funcionária da empresa que afirmou que a regularização seria fácil já que o proprietário trabalha na Subprefeitura de Itaquera. Ela afirmou ainda que o proprietário da TAC – Alexandre Tavares pode ser encontrado todos os dias na sede da empresa na parte da manhã.

O Promotor e agora Deputado reeleito FERNANDO CAPEZ é um rapaz novo e inteligente e teria como valorizar de novo a Assembléia Legislativa , principalmente no respeito aos pleitos dos paulistanos, porém cabe ao povo exigir trabalho desta nova legislatura