Sábado, Outubro 21, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 255
Segunda, 02 Fevereiro 2015 14:20

Tucanos querem o PT fora da Mesa Diretora da Assembléia Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Nos bastidores, Deputados tucanos e até mesmo Deputados de outras bancadas, defendem que “o PT não ocupe mais a primeira secretaria da ALESP”.

Se depender da maioria dos Deputados Estaduais tucanos eleitos para assumir o mandato em 15 de março na Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, o Partido dos Trabalhadores (PT) não teria mais representante na primeira secretaria da mesa diretora da Casa na próxima legislatura.

É que há 15 anos a bancada do PT na ALESP indica um representante para compor a mesa diretora, devido acordo interno e se baseando na “proporcionalidade das bancadas”.

Para a próxima legislatura que começa no dia 15 de março de 2015, o PT deverá contar com 14 Deputados Estaduais.

No mesmo dia da posse dos Deputados, em 15 de março, são escolhidos os Parlamentares que vão comandar a Assembléia por dois anos. No momento dois Deputados tucanos despontam como candidatos: BARROS MUNHOZ e FERNANDO CAPEZ, além do Deputado reeleito CAUÊ MACRIS “correndo por fora”.

Nos bastidores, Deputados tucanos e até mesmo Deputados de outras bancadas, defendem que “o PT não ocupe mais a primeira secretaria da ALESP”. Alegam que muitos outros Partidos Políticos terão representantes na próxima legislatura e a maioria deles apoiaram a campanha para reeleição do Governador GERALDO ALCKMIN para o Governo do Estado de São Paulo.

Os petistas não aceitam de maneira alguma este argumento. A ALESP retorna do recesso parlamentar nesta terça-feira, 3, com a “bancada velha”.

Ler 823 vezes
Marcos Savoy

Marcos Savoy é Repórter, Jornalista especializado em Política Brasileira e todas as suas vertentes.

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.