Quinta, Dezembro 14, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 257
Sexta, 10 Outubro 2014 12:34

Metrô assina contratos para a expansão da Linha 2-Verde até Dutra - edição 218

Escrito por 
Avalie este item
(1 Votar)

Serão mais 14,5 quilômetros e 13 novas estações, atendendo 1,5 milhão passageiros/dia

 

A Companhia do Metrô assinou hoje, dia 25/9, os contratos para o prolongamento da Linha 2-Verde entre Vila Prudente e Dutra. O valor do total dos contratos, que incluem a realização dos projetos executivos e as obras civis, é de R$ 6,7 bilhões.
A extensão da Linha 2-Verde, que contempla o trecho Vila Prudente-Dutra, terá 14,5 km de extensão e 13 estações (Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva, Penha, Penha de França, Tiquatira, Paulo Freire, Ponte Grande e Dutra).
Contará com uma frota de 35 trens, um pátio de manutenção, quatro terminais de integração intermodal, dois pontos de parada para ônibus e cinco estacionamentos de trens ao longo da linha.
Em 30 dias, o Metrô irá emitir a primeira Ordem de Serviço para que as contratadas comecem a elaboração dos projetos executivos, iniciando assim os serviços para implantação da Linha 2 até Guarulhos. A expectativa é de que as obras civis comecem no primeiro semestre de 2015. O empreendimento foi dividido em oito lotes e terá frentes de trabalho simultâneas.
A implantação da Linha 2-Verde promoverá uma integração direta do município de Guarulhos à rede metroferroviária paulista, o que reduzirá o tempo de viagem entre o bairro de Vila Madalena e Guarulhos dos atuais 145 minutos para cerca de 47 minutos.
O prolongamento deste traçado também possibilitará uma melhor distribuição de viagens de transporte coletivo por ônibus. Também trará mais opções de integração: com a Linha 3-Vermelha na estação Penha e com a Linha 12-Safira na estação Tiquatira.
Já foram concluídos os projetos funcional e básico que definem o traçado, localização das estações e o método construtivo.
A construção da extensão da Linha 2 prevê a utilização de dois tatuzões e de escavações manuais através do método NATM (New Austrian Tunne- lling Method) ou Novo Método Austríaco para Abertura de Túneis. Os tatuzões, apelidos para os equipamentos do tipo shield, ao mesmo tempo em que escavam, instalam os anéis de revestimento de concreto, deixando os túneis totalmente prontos para a montagem dos trilhos, sistemas de alimentação elétrica, sinalização e telecomunicações.

Ler 2123 vezes

7 comentários

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.