Quinta, Dezembro 14, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 257
Quarta, 28 Setembro 2016 09:25

CGM continua investigando ex-assessor de Celso Jatene Destaque

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Durante a gestão de Fernando Haddad, a Secretaria Municipal de Esportes contabilizou números expressivos em denúncias e irregularidades apontadas pela Controladoria Geral do Município (CGM). Muitas auditorias foram finalizadas e diversas irregularidades encontradas como trouxe este Fato Paulista na edição que circulou na segunda quinzena de agosto. Descumprimento de prazo, má qualidade dos materiais, falta de fiscalização, contradições em recibos de prestação de contas.

Estas foram algumas das irregularidades encontradas pela CGM no período que Celso Jatene era secretário municipal de Esportes. Hoje ele concorre a reeleição para a cadeira de vereador paulistano.  Uma das investigações da Controladoria que continua em curso é contra Siderval Marques de Brito, que era o responsável pelos convênios firmados pela pasta para a realização de eventos, muitos deles ainda sendo apurados pela CGM. Segundo noticiou o jornal O Estado de São Paulo, Siderval “era o braço direito do (então) secretário Celso Jatene”.
    No ano passado o jornal O Estado de São Paulo noticiou que “ A Prefeitura de São Paulo exonerou o coordenador de gestão de parcerias da Secretaria Municipal de Esportes (SEME), Siderval Marques de Brito, braço direito do secretário Celso Jatene (PTB). Siderval era o responsável pela aprovação dos convênios firmados pela pasta para a realização de eventos, que são alvo de uma investigação aberta na semana passada pela Controladoria Geral do Município. Siderval foi ainda assessor parlamentar de Jatene na Câmara Municipal e é irmão de Sidney Marques de Brito, coordenador do Clube Esportivo Tietê, inaugurado em setembro pelo prefeito Fernando Haddad (PT)”
    A reportagem informou que o Centro Esportivo do Tietê “recebeu uma festa de Natal, que mereceu três convênios por parte da secretaria, aprovados pelo setor comandado por Siderval. Dois deles foram firmados com a Associação Desportiva e Educacional para Formação de Atletas: R$ 421 mil para a realização da “Grande Festa de Natal do Tietê” e R$ 107 mil para o “Feliz Festa de Natal no Tietê, Criançada”. Já a Associação Centro Esportivo Educacional para Formação de Atletas ficou com R$ 399,8 mil para fazer o evento “Tietê Iluminado””. A reportagem destacou ainda que as duas entidades eram “jovens” criadas em 2013 e 2014, mas que mesmo assim estavam entre as campeãs na área que era coordenada por Siderval.
    Tudo isso acabou levando a Controladoria Geral do Município a apurar as irregularidades.  Atualmente Siderval concorre a vereador e não quer comentar o caso, o seu irmão Sidney Marques de Brito continua como coordenador do Centro Esportivo do Tietê e sua esposa Telma Moraes Ferreira Marques de Brito continua nomeada no gabinete de Celso Jatene na Câmara Municipal. E as investigações por parte da CGM ainda não foram concluídas. Muito deve estar por vir.

Tentamos por várias vezes ouvir o vereador Celso Jatene, mas sua assessoria em nenhuma das vezes respondeu as nossas solicitações.

Ler 601 vezes

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.