Domingo, Setembro 24, 2017
redacao@fatopaulista.com.br / fatopaulista@hotmail.com Telefone: (11) 2849-1454 ::: Ano IX - Edição n º 254

Para se administrar uma Subprefeitura como a de Itaquera não basta tão somente se expor em redes sociais e usá-las para atacar adversários políticos e puxar o saco de superiores com o intuito claro de manter o “empreguinho comissionado”.

Publicado em Cotidiano

Uma grande obra em plena avenida Afonso Sampaio e Souza em Itaquera, continua a todo o vapor, mesmo com a afirmativa da Subprefeitura de Itaquera quanto a irregularidade.

Publicado em Cotidiano

Não é novidade para ninguém que a Pauliceia Desvairada é um dos maiores celeiros de grandes produtores artisticos e culturais.

Publicado em Sociais

Seu Rosário morava na avenida Itaquera, 2525, por anos a fio sofreu com uma árvore localizada em frente a sua residência.

Publicado em Cotidiano

Enquanto crédulos itaquerense ainda esperam pelo tal legado da Copa, construtora parece “dar as cartas” na região de Itaquera. Moradores de uma área particular denunciam demolições sem alvará, despejos sem ação judicial, corte de luz e muita truculência por parte de representantes da Incorporadora Hana.

Publicado em Cotidiano

Uma das maiores comunidades paulistanas com mais de 30 mil famílias, o Jardim Eliane conta agora com uma sub-sede da ONG Povo da Periferia que mantém a sede central no Jardim Nossa Senhora do Carmo. A entidade é presidida pela ativista social Sandra Antonacci.

Publicado em Cotidiano

Em diversas obras públicas executadas pela empreiteira Ematec Engenharia e Sistemas de Manutenção Ltda licitada pela Subprefeitura de Itaquera – o cenário é dantesco: materiais espalhados pelo local como se fossem lixo,  nenhum funcionário da empresa trabalhando e para piorar a situação são obras milionárias, que ultrapassam a casa dos R$ 200 mil, mas que  não terminam no prazo.

Publicado em Cotidiano

Estabelecimento que não respeita acessibilidade é premiado pela Subprefeitura de Itaquera

Publicado em Editorial

Empreiteira contratada pela Prefeitura Municipal de São Paulo por meio de licitação atrasa obras, entre elas a de uma simples calçada que poderia ser feita por qualquer pedreiro, é ré em uma ação de despejo por falta de pagamento e mesmo assim, parece “mandar” em setores do governo municipal.

Publicado em Cotidiano
Pagina 3 de 3